Futebol

Internacional não sai do zero com o Santa Cruz e fica fora do G4

Internacional não sai do zero com o Santa Cruz e fica fora do G4

São Paulo, SP

-03 Internacional não sai do zero com o Santa Cruz e fica fora do G4

Os ex-corintianos Bruno Paulo e Edenílson sofreram com o gramado ruim do Arruda (foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Internacional protagonizou um jogo de fraco nível técnico com o Santa Cruz na tarde deste sábado, no Arruda, e não passou de um empate por 0 a 0. Foi a segunda igualdade fora de casa consecutiva da equipe dirigida por Guto Ferreira, que havia ficado no 1 a 1 com o América-MG na rodada passada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O período sem ganhar deixou o Inter fora da zona de acesso para a primeira divisão nacional. Está na quinta posição, somando os mesmos 13 pontos ganhos do próprio Santa Cruz, que leva vantagem no número de vitórias e é o quarto colocado.

Os dois times terão pouco tempo para se preparar para a próxima rodada. Já na terça-feira, o Inter receberá o Paraná no Beira-Rio, enquanto o Santa visitará o América-MG no Independência.

O jogo – Santa Cruz e Internacional tinha um oponente a mais no Arruda – o gramado, castigado também pelas chuvas. Com as péssimas condições de partida, os dois times sofreram para criar jogadas de perigo desde os primeiros minutos.

O Santa Cruz ao menos contava com o apoio de sua torcida, presente em bom número nas arquibancadas. Empurrado para a frente pelo público, o time de Adriano Teixeira conseguiu levar preocupação ao goleiro Danilo Fernandes no final do primeiro tempo.

Aos 26 minutos, Elicarlos desviou a bola em cobrança de escanteio de Thiago Primão e obrigou Danilo a se esticar para salvar o Inter. Depois, aos 33, Bruno Paulo, atacante que está emprestado pelo Corinthians, foi acionado na ponta esquerda, invadiu a área, clareou e concluiu cruzado, para fora.

O Inter também colaborou com a melhora do Santa. Já aos 36, Klaus errou feio na inversão de jogo e entregou a bola de presente para Halef Pitbull, que acabou desarmado por Ernando. Pouco depois, o mesmo atacante teve nova chance de finalizar e parou em defesa de Danilo Fernandes.

Com o cenário adverso, o Inter ainda retornou para o segundo tempo com uma baixa. Ernando, lesionado, precisou ser substituído por Léo Ortiz, punido com o cartão amarelo logo em sua primeira participação na partida.

A chuva apertou no Recife àquela altura, e Guto Ferreira resolveu mexer também no pouco criativo ataque do Inter, que tinha Carlos como desfalque de última hora. Diego ocupou a vaga do uruguaio Nico López. Mais tarde, Juan foi a campo no lugar de Eduardo Sasha.

No Santa, Adriano Teixeira trocou o cansado Léo Lima por Augusto e André Luís por Kelvy. O seu time, no entanto, parecia não ter forças para resgatar os lampejos de bom futebol da etapa inicial.

O que não mudou mesmo foi o placar. Nos minutos finais, a partida voltou a ficar bastante monótona, como havia sido na maior parte do tempo, sem chances de gol para Santa Cruz e Internacional.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Data: 17 de junho de 2017, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: Nininho (Santa Cruz); Ernando e Léo Ortiz (Internacional)

SANTA CRUZ: Julio Cesar; Nininho, Bruno Silva, Jaime e Roberto; Elicarlos, Thiago Primão (Wellington Cézar) e Léo Lima (Augusto); André Luís (Kelvy), Halef Pitbull e Bruno Paulo
Técnico: Adriano Teixeira

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Junio, Klaus, Ernando (Léo Ortiz) e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenílson e Uendel; Eduardo Sasha (Juan), Nico López (Diego) e Marcelo Cirino
Técnico: Guto Ferreira

Você pode gostar

Deixe seu comentário