Mazinho faz 3, Oeste cola no G-4 e joga o Guarani para perto da zona

Mazinho destrói com 3 gols, põe Oeste na cola do G-4 e empurra Guarani para perto da zona

-06 Jogadores do Oeste comemoram

Atletas do Oeste comemoram gol – Crédito: Gabriel Ferrari / Guarani Press

Meia-atacante marca todos os gols da vitória por 3 a 0, que coloca o Rubrão em quinto lugar, um ponto abaixo do grupo do acesso. Bugre, em compensação, perde três posições e fica cada vez mais ameaçado pela degola

Oeste e Guarani mostraram porque disputam competições paralelas dentro da mesma Série B. Com três gols de Mazinho, o Rubrão venceu por 3 a 0 na Arena Barueri, atingiu oito partidas consecutivas sem derrota e entrou definitivamente na disputa pelo acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o Bugre segue na contramão, ao chegar ao sétimo jogo sem vencer, e se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento. A partida foi válida pela 28ª rodada.

Mazinho honrou o apelido de “Messi Black”. Em uma tarde inspirada, o camisa 10 carregou o Oeste nas costas e marcou de várias maneiras para definir o resultado e infernizar a defesa do Guarani. Ele chegou a 13 gols na Série B, o que o coloca como o principal artilheiro da competição. Até Lionel, o verdadeiro Messi, ficaria orgulhoso com essa atuação.

A derrota encerrou definitivamente o ciclo de Marcelo Cabo no Guarani. Após o sexto jogo sem somar nenhuma vitória, o técnico foi demitido pela diretoria ainda no vestiário da Arena Barueri. Ao lado de Cabo, o presidente Palmeron Mendes Filho fez um pronunciamento à imprensa para explicar a nova troca no comando bugrino. O clube busca alguém para evitar o rebaixamento à Série C. Quem apostaria que, passadas 28 rodadas, o Oeste estaria forte na briga pelo acesso? Talvez nem o próprio elenco rubro-negro. Mas a campanha agora permite que o clube sonhe com a elite do futebol brasileiro. Sem perder há oito jogos, o Rubrão saltou de sétimo para o quinto lugar, com 47 pontos, e fica um abaixo do G-4. Faltam dez jogos para o fim da competição.

Se o Oeste sonha, o Guarani precisa urgentemente acordar do pesadelo. O time alcança a sétima partida consecutiva sem vencer, permanece com 34 pontos, agora em 15º lugar. A vantagem para a zona de rebaixamento, aberta pelo Figueirense, é de dois pontos. Para não cair, o time precisa de 12 pontos nos dez jogos que faltam.

As duas equipes voltam a jogar daqui uma semana, no sábado, às 19h. O Guarani vai ao Estádio Lacerdão para enfrentar o Náutico, que está dentro da zona de rebaixamento. Enquanto isso, o Oeste recebe o Ceará novamente na Arena Barueri, em duelo direto pelo acesso.

O Oeste controlou os primeiros minutos da partida e saiu na frente aos 14 minutos, com Mazinho. Aos poucos, o Guarani foi se soltando, mas insuficientemente para levar perigo. Na segunda etapa, outro gol do camisa dez, aos nove minutos, deu mais tranquilidade aos donos da casa, que a essa altura já tinha o controle do jogo. O Bugre ainda criou duas boas oportunidades, uma delas com Denner, que acertou o travessão, mas sofreu o terceiro do Oeste e de Mazinho.

Deixe um Comentário