Futebol

Final da Sul-Americana: tudo sobre o primeiro duelo entre Fla e Independiente

Imagem via globoesporte

Final da Sul-Americana: tudo sobre o primeiro duelo entre Fla e Independiente, começando a disputa pelo título

Após 16 anos, Rubro-Negro volta a disputar uma final internacional. Jogo de ida será em Buenos Aires; veja escalações prováveis

Por GloboEsporte.com, Buenos Aires, Argentina

Depois de 16 anos, o Flamengo enfim volta a disputar uma final internacional. Após uma temporada desgastante, a equipe tem a última chance de ganhar um título expressivo em 2017. O Rubro-Negro busca o título inédito, às 21h45 (de Brasília), diante do Independiente, em Buenos Aires. Na decisão do torneio, não há gol qualificado.

Todos os ingressos para o confronto de Buenos Aires, no estádio Libertadores da América, foram vendidos de forma antecipada para os torcedores do Independiente. Na próxima semana, o duelo de volta será no Maracanã.

No último domingo, a equipe de Reinaldo Rueda venceu o Vitória de virada pela rodada final do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, garantiu a sexta colocação e uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. Caso vença a Sul-Americana, abrirá uma vaga para o Atlético-MG na pré-Libertadores e coloca o Vasco direto em um dos grupos.

Transmissão: TV Globo (com Luis Roberto, Junior e Leonardo Gaciba) e SporTV (com Luiz Carlos Jr, Mauricio Noriega e Muricy Ramalho)

Flamengo – técnico Reinaldo Rueda

O time de Reinaldo Rueda vem se uma sequência desgastante nos últimos dias. Depois da semifinal na Colômbia, semana passada, a equipe jogou em Salvador contra o Vitória, pela última rodada do Brasileirão. Fora dos últimos dois jogos, há expectativa de que o capitão Réver forme novamente a dupla de zaga com Juan. César, que voltou a jogar após dois anos na semana passada, será mantido no gol.

 

Escalação provável do Flamengo (Foto: Reprodução )

Desfalques: Berrío e Diego Alves (lesionados) e Guerrero (suspenso pela Fifa)

Pendurados: Lucas Paquetá

Importante: o técnico Reinaldo Rueda só decide a escalação no dia da partida, após o almoço dos jogadores. Desta forma, nem sempre o que foi treinado durante a semana, reflete-se no time titular e surpresas de última hora são comuns.

Desfalques: Berrío e Diego Alves (lesionados) e Guerrero (suspenso pela Fifa)

Pendurados: Lucas Paquetá

Importante: o técnico Reinaldo Rueda só decide a escalação no dia da partida, após o almoço dos jogadores. Desta forma, nem sempre o que foi treinado durante a semana, reflete-se no time titular e surpresas de última hora são comuns.

 

Independiente – técnico Ariel Holan

Time de forte tradição no cenário continental, o Indenpendiente foi campeão da edição de 2010 da Copa Sul-Americana e volta a disputar a decisão do torneio após sete anos. Com um time jovem, o técnico Ariel Holan costuma fazer mudanças e testes em sua equipe. Ele tem como armas o jovem Ezequiel Barco, que vive boa fase aos 18 anos, e o centroavante Gigliotti. Durante o torneio, perdeu uma de suas principais armas, o goleador Emiliano Rigoni, negociado com o futebol europeu. No Campeonato Argentino, o time está na sétima colocação.

ARBITRAGEM –  Mario Diaz de Vivar apita o confronto, auxiliado por Milciades Saldivar e Dario Gaona. O trio é do Paraguai. A final da Copa Sul-Americana também terá a utilização de árbitro de vídeo nos dois confrontos entre Flamengo e Independiente. A tecnolgia já havia sido utilizada na Libertadores.

Você pode gostar

Deixe seu comentário