Câmara aprova Projeto que institui e regulamenta casamento das “Noivas de Santo Antônio”

DSC00872

Comissão da Escola de Saberes acompanhando os debates sobre o Projeto – Fotos SilvaNeto diariodocariri.com

A noite desta quinta-feira (10/08), a Câmara Municipal de Vereadores de Barbalha, apreciou várias matérias expostas a ordem do dia, dentre as quais, destaque para o Projeto de Lei 34/2017, de autoria dos vereadores, Everton de Sousa Garcia Siqueira (Vevé), Dorivan Amaro dos Santos, Odair José de Matos e Expedito Rildo Cardoso Xavier Teles, que institui e regulamenta o casamento das “Noivas de Santo Antônio.”

A apreciação do citado projeto foi diante muita expectativa da Comissão Organizadora da Escola de Saberes de Barbalha, que estava nas galerias muito bem representada por diversas personalidades dentre várias: Dra. Vera Bezerra, Dr. Adriano Bezerra, Lázaro e Lúcia Costa, Jackson Candido de Barros, Maria Celene Sá de Queiroz, Neto Sobral, Georjania Lima Ferreira, e outras pessoas que muito bem defende o progresso e o crescimento da nossa Barbalha.

No Plenário 13 de Junho, foi visualizado um vídeo destacando toda a beleza do casamento das “Noivas de Santo Antônio”, 15 casais se postaram diante Deus para firmar vida a dois na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, na felicidade e no amor até que a morte os separem. Na Igreja Matriz de Santo Antônio, a solenidade matrimonial foi acompanhada com grande expectativa por familiares, padrinhos, convidados e amigos, bem como centenas de pessoas que foram prestigiar mesmo sem convite.

Na apreciação do referido projeto, fizeram uso da palavra os senhores vereadores: Tarcio Honorato, Rosa Garcia, Everton de Sousa Garcia Siqueira (Vevé), Dorivan Amador dos Santos, Hamilton Lira, João Ilânio Sampaio, Rosálio Francisco de Amorim, Odair José de Matos e Expedito Rildo Cardoso Xavier Teles, todos parlamentares enalteceram a primeira edição do casamento das “Noivas de Santo Antônio” que se deu no primeiro domingo após o hasteamento do pau da bandeira.

O evento foi badalado, chamou o Cariri para dentro da Barbalha, em especial para dentro da festa de Santo Antônio, o casamento das “Noivas de Santo Antônio” arrastou para Barbalha a imprensa falada, escrita e televisada do Cariri, do Ceará e do Brasil, foi um dia muito rico especial para Barbalha e para a festa de Santo Antônio, essas e outras considerações foram feitas pelos vereadores barbalhenses.

Após cessadas todas considerações dos vereadores, o presidente da sessão ordinária, (Vevé), colocou o Projeto de Lei 34/2017, em votação, sendo aprovado por unanimidade dos presentes (14), já que pouco tempo antes da vocação o vereador André Feitosa, precisou se ausentar, ao final da votação a comissão de organização da Escola de Saberes agradeceu aos vereadores com forte salva de palmas.

Pelo Projeto de Lei aprovado, ficou instituído o primeiro domingo após o pau da bandeira como o domingo do casamento das “Noivas de Santo Antônio.”

Silva Neto

Deixe um Comentário