Barbalha-CE: Comoção no sepultamento do ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

A morte do líder sindical barbalhense Cícero José de Santana no final da tarde da última terça-feira comoveu a sociedade barbalhense e em especial a classe trabalhadora do campo a quem tinha grande ligação no movimento sindical.

Durante o velório nesta quarta-feira (31/10), milhares de pessoas passaram pela sede do sindicato, e muitos barbalhenses lamentavam a morte do sindicalista e com tristeza se diziam surpresas como tudo foi tão rápido. Para muitos uma tragédia na vida da classe que com as mãos calejadas promovem o desenvolvimento da agricultura barbalhense.

Mas, também, todos que lamentavam enalteciam Cícero José de Santana, como: grande homem, extraordinário sindicalista, conciliador e conselheiro da classe ruralista, amigo e companheiro de todas as horas, essas e muitas outras qualidades foram citadas por todo o dia de ontem na sede do sindicato e também na cidade de Barbalha.

Da sede do sindicato as 15: 40 hs, o cortejo fúnebre saiu para a Igreja Matriz de Santo Antônio com grande acompanhamento popular e, muitas representações das associações de moradores rurais de Barbalha e Região do Cariri; entidades de classe e profissionais liberais, diretores de instituições e autoridades municipais participaram às 16 horas da missa de corpo presente presidida pelo padre Luciano, a Igreja ficou pequena para o povo que querida render suas homenagens ao ex-presidente do Sindicado dos Trabalhadores Rurais de Barbalha, Cícero José de Santana.

Da sede do sindicato para a Igreja Matriz de Santo Antônio, os barbalhenses trasladaram a urna mortuária pessoalmente, dispensando, o carro da funerária, e na Igreja Matriz o esquife foi carregado nos ombros dos amigos.

Dezenas de mensagens foram envidas a família enlutada, a quantidade expressiva de buquê de flores enviadas por entidades representativas, família e amigos, mostrou o grande laço de amizade que em vida foi construído pelo ruralista barbalhense Cícero José de Santana.

Por volta das 18: 00 h, a urna mortuária foi colocada na sepultura com aplausos do público presente ao cemitério municipal de Barbalha.

Silva Neto   

7 Comentários

  1. mateus 2 de novembro de 2012
  2. mateus de oliveira santana 2 de novembro de 2012
  3. everton santana chagas 2 de novembro de 2012
  4. tabata ferreira santana 2 de novembro de 2012
  5. Maria de fatima santana 2 de novembro de 2012
  6. Maria de fatima santana 2 de novembro de 2012
  7. AMILTON 2 de novembro de 2012

Deixe um Comentário