Brasil Justiça

Força-tarefa da Lava Jato no Paraná recebe documentos da delação de executivos da Odebrecht

Ministério Público Federal afirma que ainda não conseguiu analisar todo o material, pois há um volume muito grande.

Por G1 PR, Curitiba

-01 a odebrechet

Crédito google

Os procuradores que integram a força-tarefa da Operação Lava jato, em Curitiba, confirmaram nesta sexta-feira (11) que receberam um grande volume de documentos que integram os acordos de leniência e de delação de executivos ligados à Odebrecht. Segundo os procuradores, os dados foram enviados para análise técnica, dentro do próprio Ministério Público Federal (MPF).

Segundo os procuradores, com o acordo de leniência, a Odebrecht tem a obrigação de fornecer documentos que tragam elementos probatórios, que corroborem os fatos criminosos que os executivos da empresa revelaram em depoimentos.

O MPF não detalhou quais tipos de documentos estão no pacote recebido pela força-tarefa. Segundo a procuradoria, eles esperam que haja extratos de contas offshore usadas pela empresa, para pagamentos ilícitos no exterior, além de planilhas explicativas, que devem ser usados em outras investigações do MPF.

Delação homologada

A delação de 77 executivos ligados à Odebrecht foi homologada em janeiro deste ano, pela ministra Cármem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal. Plantonista do STF no recesso do Judiciário, ela usou a prerrogativa de presidente para homologar as delações dos dirigentes e ex-dirigentes da empreiteira.

A ministra tomou a decisão para não atrasar o andamento das investigações da Lava Jato, na medida em que o relator do caso no tribunal, ministro Teori Zavascki, morreu em um acidente aéreo no litoral do Rio de Janeiro.

Já o acordo de leniência, que é uma espécie de delação feita pela empresa, foi homologada pelo juiz Sérgio Moro, em maio deste ano. Nele, a empresa se comprometeu, em acordo feito com o Ministério Público brasileiro, em dezembro do ano passado, a revelar e cessar fatos ilícitos praticados na Petrobras e em outras esferas de poder, envolvendo agentes políticos de governos federal, estaduais, municipais e estrangeiros.

Você pode gostar

Deixe seu comentário