Rebelião e fuga de 75 presos, governo decreta emergência em presídio do PI

-04 Após rebelião e fuga de 75 presos

Presos ocupam todos os pavilhões da penitenciária de Esperantina (Foto: Sinpoljuspi)

Após rebelião e fuga de 75 presos, governo decreta emergência em presídio do PI

O decreto emergencial, segundo a Sejus, destinará reforço das forças de segurança pública para garantir a ordem.

Por G1 PI

A Secretaria de Justiça informou que o governador Wellington Dias decretou, neste sábado (7), situação de emergência na penitenciária Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina, após a rebelião ocorrida na unidade, na tarde dessa sexta-feira (6). Ao todo, 75 presos fugiram e 26 já foram recapturados. Segundo os agentes penitenciários, o presídio tem 156 vagas, mas abrigava 420 presos.

O decreto emergencial, segundo a Sejus, destinará reforço das forças de segurança pública para garantir a ordem e disciplina no presídio e iniciar, imediatamente, os reparos na estrutura física da unidade, que foi muito danificada com a rebelião.

A Sejus informou que o secretário Daniel Oliveira está no município de Esperantina realizando uma vistoria na penitenciária da cidade e dialogando com as instituições. De acordo com o gestor, já estão em curso investigações sobre o que teria causado a rebelião. A Secretaria de Justiça disse também que iniciou os primeiros reparos emergenciais no presídio.

-04.1 Após rebelião e fuga de 75 presos

Secretário e equipe foram ao local, que ficou bastante destruído (Foto: Divulgação/Sejus)

A secretaria disse que Daniel já contatou a Defensoria Pública, Ministério Público, OAB e Prefeitura de Esperantina sobre novas medidas em favor da ordem pública no sistema prisional.

Rebelião durou mais de quatro horas

A rebelião na Penitenciária de Esperantina iniciou por volta das 13h de sexta (6) e foi controlada às 17h40, quando a Tropa de Choque da Polícia Militar entrou na unidade. Três presos ficaram feridos e foram atendidos em Teresina.

“Eles foram lesionados por instrumento perfurante e vieram para Teresina para ter os cuidados necessários”, informou o responsável pela Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária (DUAP), o tenente-coronel Adriano Lucena.

De ontem para hoje, a Secretaria de Justiça transferiu mais de 100 presos de Esperantina para outras unidades prisionais e iniciou as buscas para recapturar os fugitivos.

Uma equipe de mais de 30 policiais militares e agentes penitenciários está envolvida na operação de recaptura de 49 presos que ainda estavam foragidos até o início da noite deste sábado.

Deixe um Comentário