Agência Intera

Publicado em 18/05/2012 às 07h03:

Homem não encontra seu inimigo para matar e atira na mãe do mesmo

Lesões corporais e atos de ameaças foram registrados pela PM

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Casos de violência foram registrados em Juazeiro do Norte

Demontier Tenório

Duas lesões corporais à bala foram registradas em um intervalo de apenas seis horas desta quarta-feira somente no Bairro João Cabral de Juazeiro do Norte. Por volta das 14 horas, no cruzamento das ruas José de Alencar e Nossa Senhora Aparecida, Francisca de Lima, de 46 anos, foi baleada com um tiro no braço direito e atingida por uma coronhada na cabeça. 

O autor não foi identificado e, segundo a polícia, chegou na residência da vítima procurando pelo filho dela. Ao saber que ele não se encontrava terminou lesionando a mãe do mesmo na porta do imóvel. O ferimento não foi grave e Francisca procurou sozinha o socorro médico, enquanto a polícia diligenciou em busca do acusado, mas sem o êxito de encontrá-lo. 

Um pouco mais que seis horas depois, no cruzamento das ruas Das Flores e Perpétua Carneiro da Cunha (João Cabral), dois homens em um Ford Fiesta de cor preta passaram atirando. Uma bala atingiu nas nádegas o adolescente de iniciais F. A. M de O., de 16 anos, residente na Rua das Flores (João Cabral). Ele foi socorrido para o Hospital Regional do Cariri e o caso está envolto em mistério. 

AMEAÇA – Duas mulheres que moram entre os bairros Salesianos e Santa Tereza estiveram na Delegacia de Juazeiro para o registro de denúncia contra um rapaz acostumado a ameaçar os transeuntes com uma espingarda de fabricação artesanal. Uma equipe da FTA Motos foi lá e prendeu Francisco Fernando Tavares Marçal, de 22 anos, residente na Rua Senhora Santana (Santa Tereza) com a arma. 

Já no Bairro Pio XII, mais precisamente na Rua 22 de julho, novamente uma equipe da FTA Motos soube de uma mulher que estava vendendo uma arma de fogo pertencente ao seu filho que encontra-se preso. Quando os militares chegaram ao imóvel já encontraram de saída Edilson Marques Ribeiro, de 41 anos, carregando o revólver calibre 38 em uma bolsa que continha ainda 14 cartuchos intactos.

Fonte

Comentários do Facebook

Agência Intera