Policiais

DF – Tentativa de assalto termina com dois bandidos mortos e um militar

Dois bandidos e um policial militar do Distrito Federal

DF – Tentativa de assalto termina com dois bandidos mortos e um militar

Dois bandidos e um policial militar do Distrito Federal foram mortos durante uma tentativa de assalto a um ônibus da Real Expresso na madrugada desta terça-feira (15), na BR-040, em Luziânia, na região do Entorno. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-DF), o ônibus saiu de São Paulo e tinha como destino Brasília. Outros dois passageiros também ficaram feridos e foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia.

Segundo a PRF, o ônibus saiu por volta de 13 horas da cidade de São Paulo e estava chegando em Brasília quando foi abordado, por volta de 4h30 da madrugada, por dois criminosos fortemente armados. Eles estavam com uma arma calibre 12 e uma pistola ponto 40 e, no quilômetro 61 da rodovia, próximo ao povoado de São Bartolomeu, começaram a atirar várias vezes em direção ao ônibus para que ele parasse. Em seguida, eles pediram para o motorista abrir a porta e ordenou que os passageiros fechassem as cortinas.

Durante a abordagem dos assaltantes, um deles teria percebido que, entre os passageiros, havia um policial militar que estava fardado. Um dos comparsas teria mandado o outro atirar, momento em que o policial revidou. Um agente penitenciário, que também estava no ônibus, atirou contra os bandidos. Na troca de tiros, os dois indivíduos morreram e o policial militar, identificado como Hernandes José Rosa, 3º sargento no 25º Batalhão, de Brasília, foi alvejado com dois disparos no peito, ele foi socorrido, mas morreu ao chegar no hospital.

Outros dois passageiros ficaram feridos. Um homem levou um tiro na mão e não corre risco de morte. Uma mulher foi alvejada no peito e foi socorrida em estado grave. Como os nomes dos feridos não foi divulgado, não foi possível checar o estado de saúde das vítimas.

Após o ocorrido, o ônibus parou em um posto que fica nas proximidades onde acionou o socorro. Os demais passageiros foram transferidos para outro coletivo e foram levados para Brasília. A equipe da Polícia Técnico Científica realiza neste momento a perícia no local e os corpos dos indivíduos serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Formosa.

Em nota, a Real Expresso informou que estará prestando assistência imediata aos passageiros que necessitarem de atendimento e também irá oficializar um pedido junto às autoridades estaduais e federais para a melhoria da segurança das empresas operadoras de transporte que atuam no trecho que aconteceu a tentativa de assalto.

O Mais Goiás entrou em contato com a Polícia Militar do Distrito Federal, mas até o fechamento desta matéria nenhuma nota foi divulgada sobre o falecimento do policial.

Apoio: Maria Elizabete (imagem redes sociais)

Você pode gostar

Deixe seu comentário