Agência Intera

Publicado em 11/11/2012 às 07h46:

SERRINHA: Corpo desovado à margem de lagoa

Delegado ouve moradores que dizem ter ouvido estampidos na madrugada

FOTO: ALEX COSTA

FOTO: ALEX COSTA

O corpo do ´flanelinha´ é examinado pelos peritos da Coordenadoria de Criminalística (CC) da Perícia

O lavador de carros Michael Jackson dos Santos Félix, 28, foi assassinado, na madrugada de ontem, e teve o corpo jogado à margem da Lagoa Itaperaoba, no entroncamento das ruas Padre Nóbrega e Éfren Gondim, bairro Serrinha. A Polícia, no entanto, só foi acionada às 6 horas.

O perito Luiz Rodrigues, da Coordenadoria de Criminalística (CC), da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), informou que o rapaz levou três tiros na cabeça e um na perna direita.

Desova

Como não havia muito sangue espalhado na cena do crime, o perito constatou que Michael Jackson foi executado em outro local e teve o corpo jogado à margem da lagoa. Uma testemunha informou que viu um carro de cor preta chegando ao local e o cadáver sendo jogado.

O diretor adjunto da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Franco Pinheiro, esteve no local do crime e conversou com alguns moradores da área.

As informações passadas ao delegado dão conta que, por volta de 3 horas, foram ouvidos estampidos. "A execução pode ter ocorrido próximo ao local da desova. Pela rigidez do cadáver, o crime pode ter sido cometido nesse horário", disse Pinheiro.

No local onde o corpo foi achado, somente uma pessoa reconheceu a vítima. Ele seria funcionário de um lava-jato localizado nas proximidades do campus da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Michael Jackson era natural de Beberibe e não tinha antecedentes criminais.

Na noite de sexta-feira, a Ciops registrou mais dois homicídios na Grande Fortaleza.    
 

Fonte

Comentários do Facebook

Agência Intera